Apesar de ser visto na cidade, ex-prefeito de Iaçu evita ser notificado para o julgamento das suas contas

Nixon Duarte Muniz Ferreira (PMDB), ex prefeito da cidade de Iaçu, está sendo procurado por funcionários da Câmara Municipal e, segundo o primeiro secretário da Mesa Diretora, vereador Neto da Cerâmica (PPS), está se esquivando para não ser notificado a apresentar defesa à Casa Legislativa.

Vereador Neto da Cerâmica

O ex-gestor teve as suas contas do exercício financeiro de 2015 rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) que no parecer 02417-16 aponta diversas irregularidades.  O primeiro secretário afirma que o presidente da Casa e a Comissão de Finanças, Orçamento, Contas, Controle e Fiscalização já tentou localizar o gestor em sua residência e o mesmo recusou a receber a citação “um funcionário da Câmara foi a casa do ex-prefeito e ele se recusou a receber a citação, depois disso ele desapareceu e só apareceu na última quinta, comemorando na rua uma decisão do TRE” alerta o vereador.

Devido a inviabilidade de localizar o gestor, o primeiro secretário informou que foi encaminhado a citação, através de carta registrada,  sedex e telegrama e por último foi publicado um edital, para que o ex-prefeito seja informado da necessidade de comparecer à Casa Legislativa, para realizar a sua defesa no julgamento das contas, que está previsto para acontecer na próxima terça (26/09). “Já foram três AR, SEDEX e Telegrama devolvidos sem a localização do ex-prefeito, ele se recusa a receber, tentando com isso viabilizar uma nulidade da tramitação do julgamento das contas” ressalta o parlamentar.

ex prefeito visto na rua acompanhado de políticos da cidade

Neto da Cerâmica denunciou também , que alguns vereadores estavam sendo ameaçados pelo ex-prefeito “teve um colega que recebeu uma ligação do celular do ex-prefeito, ameaçando. Inclusive, fazendo ofensas e chamando para a briga. Já estamos providenciando a apuração desse fato” .

Ainda, segundo o parlamentar, a Câmara Municipal tem prazo definido no Regimento Interno para promover o julgamento das contas, se passar esse prazo vai prevalecer o parecer do TCM-BA, que é pela rejeição e com isso, o ex prefeito ficará sem poder concorrer a cargo público durante oito anos.

Sobre o sumiço do ex-prefeito Nixon Duarte, o edil alerta que muita gente viu o prefeito na cidade ” Ele foi visto na cidade , inclusive tiraram uma foto andando acompanhado por políticos nas ruas da cidade, e quando é para receber a notificação ele se esconde” finaliza o edil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *