Bahia perde 12.457 postos de trabalho em dezembro e Itaberaba teve saldo negativo de 1757 vagas

De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia – SEI, a Bahia fechou 12.457 postos de trabalho com carteira assinada em dezembro de 2017. O resultado negativo decorre da diferença entre 36.540 admissões e 48.997 desligamentos. Após eliminação líquida de 16.272 e de 18.968 postos de trabalho no mês de dezembro dos anos imediatamente anteriores, a Bahia ainda exibiu registro negativo, mas com redução da intensidade da perda.

Porém, a perda líquida de dezembro de 2017 foi maior que a de novembro, quando 1.146 postos de trabalho foram suprimidos, sem as declarações fora do prazo. Setorialmente, em dezembro, sete segmentos contabilizaram saldos negativos: Agropecuária (-3.485 postos), Serviços (-3.381 postos), Construção Civil (-3.126 postos), Indústria de Transformação (-2.913 postos), Administração Pública (-29 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (-25 postos) e Extrativa Mineral (-7 postos). Em contrapartida, apenas um setor exibiu saldo positivo no mês, o setor de Comércio, com geração líquida de 509 postos.

Com relação aos números de Itaberaba, pouco se tem a comemorar, durante o ano de 2017, foram 1757 demissões e apenas 1709 contratações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *