Baixa Grande: Guardas municipais são detidos por se passarem por policiais civis

Dois guardas municipais foram presos acusados de se passarem por policiais civis no município de Baixa Grande, localizado a 156 km de Salvador. Elielson Oliveira Batista, de 37 anos, e Clemildo Brito de Jesus, 38, foram flagrados com dois revólveres de calibre 38. A dupla prestava serviços na Delegacia Territorial da cidade e foi presa por uma equipe da Correpol (Corregedoria da Polícia Civil), que apura denúncias de que a dupla vinha agindo como policiais civis, portando armas e conduzindo viaturas padronizadas.

g9f0dq0k0_87axdzheir_file

Elielson e Clemilson foram conduzidos à sede da 12ª Coorpin/Itaberaba (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior) onde foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma. A corregedora chefe Heloísa Campos explicou que um inquérito foi instaurado para apurar as denúncias sobre a atuação deles como policiais, podendo ser indiciados por usurpação de função pública. Ambos foram liberados, após o pagamento da fiança arbitrada, no valor de R$ 500.

O delegado titular da DT/Baixa Grande, Almir Bispo da Silva Góes, foi ouvido, na manhã desta segunda-feira (20), na Correpol, e um procedimento administrativo foi instaurado para averiguar se ele tinha conhecimento da situação. Se ficar provado que o delegado estava ciente da atuação dos guardas, ele responderá a um Processo Administrativo Disciplinar por atribuir autoridade policial a uma pessoa que não tem direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *