Dia da Consciência Negra é tema de projeto na Escola Municipal Ivanilda Monteiro da Silva

O Dia da Consciência Negra é celebrado no dia 20 de novembro, a data homenageia e resgata as raízes negras do povo brasileiro. Sabendo de sua importância, a Escola Municipal Ivanilda Monteiro da Silva em Boa Vista do Tupim, trabalhou o tema com seus alunos, colocando em pauta a importância de discutir a temática negra no ambiente escolar.

maquete feita por alunos

A inclusão de assuntos ligados à África e ao povo negro na educação formal é uma das estratégias para reconhecer a presença desse grupo na história do Brasil.

Os Parâmetros Curriculares Nacionais  (PCNs) estabelecem que a diversidade cultural do país, deve ser trabalhada no âmbito escolar. A sociedade em que vivemos valoriza outro estereótipo, o que resulta na invisibilização do negro e precisamos mudar essa visão.

Segundo a diretora Lane, durante todo o ano o assunto é trabalhado, mas no mês de novembro as atividades são intensificadas. Os professores desenvolveram um projeto, estimulando os alunos a refletirem sobre suas origens, abordando questões que vão muito além da escravidão. A iniciativa valoriza a oralidade e a arte africana a partir do resgate da cultura do continente e da discussão de sua contribuição para a formação da identidade cultural brasileira.

Já a vice-diretora Ivonete disse que os professores familiarizaram os alunos com a literatura africana e incentivaram a leitura e a escrita, as quais finalizaram com uma exposição dos trabalhos realizados pelos alunos no pátio da Unidade Escolar.

A abertura contou com apresentação do diretor de cultura, Weldon Bitencourt,  coordenador Robérico e professores.

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA:

O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003 como efeméride incluída no calendário escolar até ser oficialmente instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo considerado feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de AlagoasAmazonasAmapáMato Grosso e Rio de Janeiro através de decretos estaduais.

Em estados que não aderiram à lei a responsabilidade é de cada câmara de vereadores, que decide se haverá o feriado no município.

A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *