Inscritos no concurso da Prefeitura de Itaberaba aguardam devolução da taxa de inscrição

Após a suspensão do concurso público da Prefeitura Municipal de Itaberaba, não houve qualquer manifestação da gestão, quanto a devolução da taxa de inscrição. O concurso foi suspenso por uma decisão liminar proferida pela Vara da Fazenda Pública no mês de agosto.

Na ação ajuizada pelo Ministério Público contra o Município de Itaberaba e a Empresa Solução.Gov Consultoria em Gestão Pública,  sustentou que nem todos os candidatos tiveram suas inscrições confirmadas antes da aplicação da prova. Destacou ainda que os cadernos de prova continham o brasão do Município de Tanquinho e não de Itaberaba e questionou o conteúdo da prova, dentre outras irregularidades. “Essas falhas violam os postulados da isonomia, impessoalidade, moralidade administrativa e eficiência, causando, consequentemente, a nulidade do concurso”, frisou na época a promotora Maria Anita Correa.

No entato, não houve até o momento nenhuma decisão quanto a devolução da taxa de inscrição paga pelos candidatos, o que tem causado grande revolta “fizemos o sacrifício para pagar a nossa inscrição e o prefeito prejudica a quem estudou durante muito tempo. Queremos a nossa taxa de inscrição de volta” relata com indignação uma das inscritas no concurso.

Quando a Justiça determinou a suspensão do concurso nº 002/2016, ficou decidido que o Município não faça qualquer pagamento ligado ao certame à empresa Solução.Gov. Porém, não houve manifestação quanto a devolução da taxa de inscrição.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *