Professores de universidades estaduais paralisam atividades

Nesta quarta-feira (27), professores das universidades estaduais baianas (Uneb, Uefs, Uesc e Uesb) realizam paralisação das atividades acadêmicas. Eles reivindicam a abertura de negociação entre o Governo do Estado e a categoria.

De acordo com a Associação de Docentes da Uneb (Aduneb), a pauta de reivindicações foi protocolada junto à Governadoria, à Secretaria Estadual da Administração (SAEB) e à Secretaria da Educação (SEC) no dia 19 de dezembro de 2016. Os docentes de Uefs, Uesc e Uesb já aprovaram indicativo de greve.

Entre os tópicos, está o reajuste linear de 30,5% — a categoria estima um prejuízo de quase 20%, após 2 anos sem a recomposição inflacionária. Há também o pagamento de adicional de insalubridade e totalização das progressões e promoções (há uma lista de espera de 443 professores).

 

Fonte:Itaberaba Em Foco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *